RESUMOS

O CAMINHO DAS PEDRAS: VINÍCIUS BARROS (DPU, TJMT E MPF)

Oi, amigos! Quem tá aí precisando daquela dose diária de ânimo pra abrir o livro? Ofereço a vocês uma overdose de motivação com a história do Vinícius, aprovado na DPU, no TJMT e no MPF. Sério, você precisa conhecer essa pessoinha tão especial! O Vinícius, além de ser um querido (e quase-colega na DPU, treinamos juntos pra prova oral), tem uma trajetória incrível e topou nos contar tudo com muito humor. Impossível não se inspirar! ❤

FNR: Quando começou a estudar pra concurso?
Vinícius: Eu sou cuiabano e estudei Direito na UFMT durante os anos de 2006 a dezembro de 2010. Não estudei nadica de nada para concursos durante a faculdade, porque achava que tinha que aproveitar a UFMT. Fiz francês, fui aluno ouvinte de economia política e de algumas matérias em filosofia, fiz dois anos Letras à noite concomitantemente com o 4º e 5º ano de Direito, fui a muitos saraus e festas. Não era “party hardcore”, mas saía com meus amigos e tirava notas boas (eu estudava muito e me esforçava, mas o que mais amava mesmo era passar a tarde na biblioteca da UFMT lendo filosofia e literatura). (mais…)

ÍNDICE: CURSO DE DIREITO PROCESSUAL CIVIL (VOL. 1)

Oi, gente! Pra deixar organizadinho pra vocês, aqui vai um índice com os resumos disponíveis dos capítulos do Curso de Direito Processual Civil (vol. 1 – Fredie Didier – 2016 – Ed. Juspodivm). Nem todos os capítulos foram resumidos, apenas aqueles cuja sistematização me pareceu mais “necessária”. São eles:

  1. Introdução ao direito processual civil
  2. Normas fundamentais do Processo civil
  3. Jurisdição
  4. Competência
  5. Mediação e conciliação
  6. Teoria da ação: da ação e do direito de ação
  7. Pressupostos Processuais
  8. Teoria dos fatos jurídicos processuais
  9. Invalidades processuais
  10. Preclusão
  11. Teoria da cognição judicial
  12. Litisconsórcio
  13. Intervenção de terceiros
  14. Alienação da coisa ou do direito litigioso
  15. Formação do processo e Petição inicial
  16. Improcedência Liminar do pedido
  17. Citação
  18. Audiência preliminar de conciliação ou mediação
  19. Teoria da exceção, resposta do réu e revelia
  20. Arguição de impedimento ou suspeição
  21. Providências preliminares e julgamento conforme o estado do processo
  22. Extinção do processo
  23. Suspensão do processo

Foram resumidos 17 dos 23 capítulos e 530 páginas se transformaram em apenas 126. 🙂

Bons estudos!

Martina Correia

RESUMO: COMPETÊNCIA (NCPC)

Oi, pessoal! Que atire a primeira pedra quem nunca se enrolou com a COMPETÊNCIA no processo civil. Tá aí um assunto que perturbava minha vida de concurseira. Agora, quando resumi pela primeira vez, percebi que é mais simples do que eu pensava (e espero que vocês cheguem à mesma conclusão!). Para quem estuda para concursos federais, é imprescindível a leitura da página 16 em diante (competência da Justiça Federal e do TRF). Tópicos: (mais…)

RESUMO: JURISDIÇÃO (NCPC)

Oi, gente! Pretendia fazer os resumos de Jurisdição e Competência juntos, mas notei que o resumo de Jurisdição já estava bem grandinho. Então, enquanto não termino o de Competência, aí vai o de JURISDIÇÃO. A fonte é a mesma: Curso de Direito Processual Civil (Fredie Didier, 2016). Tópicos:

  • CONCEITO E CARACTERÍSTICAS
  • EQUIVALENTES JURISDICIONAIS
  • ARBITRAGEM
  • PRINCÍPIOS DA JURISDIÇÃO
  • JURISDIÇÃO VOLUNTÁRIA

FOCA NO RESUMO – JURISDIÇÃO – NCPC

Em muito muito muuito breve postarei o de Competência! 🙂

Na quarta passada, tive a honra de participar da ‘XX Semana Jurídica: Direito Contemporâneo no contexto brasileiro‘ promovida pela Universidade do Estado do Mato Grosso. Ministrei um minicurso sobre Preparação para Aprovação em Concurso Público e amei! Tentei fazer um panorama completo sobre a vida do concurseiro (Concurso Federal ou Estadual? Estudar ou advogar? Carreira ou Vocação? Aula ou livro? Quantas horas devo estudar? Uma matéria ao mesmo tempo ou todas de uma vez? Como estudar informativos?). Também abordei questões motivacionais e informações práticas bastante valiosas na preparação (Comprovação da prática jurídica e títulos). Mais uma vez, obrigada Centro Acadêmico da UNEMAT pelo convite! E, principalmente: obrigada alunos maravilhosos que passaram 3 horas me ouvindo tagarelar! Vocês são uns amores! ❤

Boa semana de estudos!

Martina Correia

INFORMATIVOS DO STF E STJ EM FRASES (3ª ED)

Oi, pessoal! Desde o início do site me deparo com a mesma pergunta: “como estudar informativos?”. Quando participei do Dicas do Aprovado da Editora Juspodivm com a Mila Gouveia, recomendei o estudo de INFORMATIVOS DO STF E STJ EM FRASES, obra que tive o privilégio de revisar e constatar a qualidade e a eficiência na assimilação dos informativos mais recentes. Esse livro opera o milagre da objetividade: 3 anos de informativos são reduzidos em frases, aquelas que certamente vão estar nas assertivas das provas. O amor é velho, mas a edição é novinha: corre que saiu a 3ª edição!

informativos-em-frases

Depois me contem o que acharam! 🙂

Martina Correia

Obs.: esse post não é publicidade paga. Não ganho absolutamente nada com a venda do livro. É uma mera dica bibliográfica de quem estudou, leu e revisou a obra.

DEFENSORAR: MAIS QUE UMA CARREIRA

Oi pessoal! Hoje o post é um pouco diferente. Sábado comemorei um ano de DPU. Um ano de posse, de Cáceres/MT, de Defensoria e de muito aprendizado. ❤
Vocês tem feito muitas perguntas sobre a atuação da DPU e o dia-a-dia do defensor. Resolvi listar as perguntas mais frequentes e fazer um post bem detalhado.
Espero que ajude quem está em dúvida ou pensa em seguir a carreira de defensor público federal!

1) Como comprovar a prática jurídica por meio de advocacia?
O concurso passado da DPU (2014) começou a exigir 3 anos de atividade jurídica, a ser comprovada na posse. O edital previu como termo inicial do cômputo do tempo de atividade jurídica a data de conclusão do curso de direito. Em outras palavras, 3 anos a partir da colação de grau. (mais…)

RESUMO: SUSPENSÃO DO PROCESSO (NCPC)

Oi, pessoal! Aí vai o penúltimo resumo do volume 1 (Curso de Direito Processual Civil – Fredie Didier): SUSPENSÃO DO PROCESSO. E vale registrar que FNR está atualizadíssimo: o resumo já está de acordo com a Lei 13.636/2016, sancionada sexta passada. É a Lei que estipula direitos e garantias para a advogada gestante, lactante, adotante ou que der à luz e para o advogado que se tornar pai. Já está em vigor (probabilidade altíssima de cair nas próximas provas!). Tópicos:

  • INTRODUÇÃO
  • MORTE OU PERDA DA CAPACIDADE PROCESSUAL DA PARTE, REPRESENTANTE LEGAL OU ADVOGADO (I)
  • CONVENÇÃO DAS PARTES (II)
  • ARGUIÇÃO DE IMPEDIMENTO OU SUSPEIÇÃO (III)
  • ADMISSÃO DE INCIDENTE DE RESOLUÇÃO DE DEMANDAS REPETITIVAS (IV)
  • PREJUDICIALIDADE OU PRELIMINARIDADE EXTERNA (V)
  • FORÇA MAIOR (VI)
  • PENDÊNCIA DE PROCESSO PERANTE TRIBUNAL MARÍTIMO (VII)
  • DEMAIS CASOS TRATADOS NO CPC (VIII)
  • PELO PARTO OU PELA CONCESSÃO DE ADOÇÃO, QUANDO A ADVOGADA RESPONSÁVEL PELO PROCESSO CONSTITUIR A ÚNICA PATRONA DA CAUSA (IX) OU QUANDO O ADVOGADO RESPONSÁVEL PELO PROCESSO CONSTITUIR O ÚNICO PATRONO DA CAUSA E TORNAR-SE PAI (X)
  • QUANDO A DECISÃO DE MÉRITO DEPENDER DA VERIFICAÇÃO DA OCORRÊNCIA DE DELITO (ART. 315)
  • SUSPENSÃO DO PROCESSO EM RAZÃO DA CONCESSÃO DE MEDIDA LIMINAR EM AÇÃO DECLARATÓRIA DE CONSTITUCIONALIDADE

FOCA NO RESUMO – SUSPENSÃO DO PROCESSO – NCPC

Deixei o resumo de Competência por último (em andamento).

Boa semana de estudos!

Martina Correia